escritório de comunicação


Gil Giardelli destaca importância da inovação para o crescimento dos países



Com apresentação de diversos cases de empresas e de países que adotaram soluções inovadoras para melhorar a vida das pessoas, o professor Gil Giardelli chamou a atenção do público que lotou o Teatro CIEE para a importância da inovação como fator de crescimento dos países. Estudioso da inovação e da economia digital, Giardelli foi o palestrante da quarta edição do Fórum CIEE Band de Ideias, nesta quarta-feira, dia 31/10.

“Infelizmente, o Brasil está nas últimas posições do ranking dos países que mais investem em inovação”, afirmou durante a palestra O futuro inteligente além da inovação. Acrescentou que se apenas avançasse duas posições, o País já conseguiria injetar mais US$ 120 bilhões em sua economia. Giardelli considera que o Brasil é “muito criativo, mas pouco inovador”. Observou que é preciso estar atento à agenda do século 21 e às mudanças, pois os países que entraram nesses processos agora estão em situação de pleno emprego. “O Brasil não pode ficar na inércia”, alertou.

Pioneiro na criação de cursos e palestras sobre o universo digital, Giardelli se diz um “tecno otimista” e é um defensor da busca constante pelo conhecimento. Ele salienta que dos 10 cursos mais procurados na graduação, nove estão em mudanças para tentar acompanhar a velocidade da transformação.

“Não se deve ter medo da nova era”, afirma, mas pondera que novas habilidades serão necessárias nessa “Atenas digital onde há menos trabalho e menos fadiga”, pois as profissões de atividades repetitivas serão substituídas por robôs. Giardelli afirmou ainda que a cada emprego fechado, 2,6 novas vagas são abertas, mas não conseguem ser ocupadas porque as pessoas não estão sendo preparadas para os novos desafios e funções. Exemplificou também que a maioria dos 13 milhões de desempregados quando voltar ao mercado de trabalho não encontrará mais o emprego anterior porque está ocorrendo a “algoritização do trabalho”. Entre os inúmeros cases de soluções inovadoras que apresentou, Giardelli citou as jaquetas conectadas com as quais é possível atender o telefone apenas tocando no tecido e  a roupa íntima analítica com nano sensores que avisam sobre o período de ovulação da mulher.

O professor, que é considerado um dos cinco mais inovadores e está entre os 15 professores de MBA global mais influentes, encerrou a apresentação no palco com uma demonstração do robô Nao que deixou todos encantados ao dançar a música Thriller de Michael Jackson.

31/10/2018 - fróes, berlato associadas

banco de imagens

confira as imagens do release,

nenhuma imagem disponível no momento
froes@froesberlato.com.br

empresa | equipe | clientes | contato

fróes, berlato associadas © 2009 - 2018

Rua Silva Jardim, 466/207 - Mont'Serrat - Porto Alegre/RS

(51) 3388-6847 / (51) 3388-6848