escritório de comunicação


CIEE-RS e FASE renovam parceria para capacitação de adolescentes e jovens



O Centro de Integração Empresa Escola do Rio Grande do Sul (CIEE-RS), a Fundação de Atendimento Socioeducativo (FASE), o Ministério do Trabalho e Emprego e a Secretaria do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos (SDSTJDH) renovaram acordo de parceria para capacitação de adolescentes e jovens que cumprem medida socioeducativa. A capacitação ocorre por meio do programa Reintegrar que proporciona aprendizagem profissional para esse público.

A assinatura ocorreu durante evento nesta quarta-feira, dia 18, no CIEE-RS  para divulgação dos benefícios do programa. O gerente de Operações do CIEE-RS, Lucas Baldisserotto, informou que 593 jovens da FASE já concluíram a aprendizagem e outros 365 estão participando das capacitações atualmente. O CIEE-RS foi pioneiro no atendimento do público da FASE por meio da aprendizagem.

Também está em andamento uma segunda etapa de apoio a esse público por meio do POD Socioeducativo (Programa de Oportunidades e Direitos) para acompanhamento dos egressos da FASE. Hoje são beneficiados cerca de 350 adolescentes e jovens com aprendizagem profissional e atendimento psicossocial. O programa se estende a todos os municípios gaúchos onde há casas da FASE.

Estas iniciativas levam a uma queda de reincidência e, segundo a secretária do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos (SDSTJDH), Maria Helena Sartori, dos jovens que participam do Reintegrar, apenas 12%  retornam para o cumprimento de medidas socioeducativas, enquanto a média de reincidência na FASE é de 32%.

O presidente da FASE, Robson Zinn, disse que a meta da instituição é a profissionalização e a educação dos que se encontram na FASE. Atualmente, há 1.320 jovens internos no Estado. O vice-presidente do CIEE-RS, Ronaldo Sielichow, destacou a importância de reintegração dos jovens à sociedade por meio do trabalho e da educação. O superintendente executivo Luiz Carlos Eymael lembrou que o CIEE, em 49 anos de atividades, já colocou 1,75 milhão de jovens no mundo do trabalho por meio do estágio e da aprendizagem.

A auditora fiscal da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego e também coordenadora da aprendizagem no Estado, Denise Brambilla, aproveitou a reunião e conclamou os empresários para que abram vagas para aprendizagem. Ela ressaltou que pela legislação, as cotas de aprendizagem variam de 5% a 15% do total de empregados.

O evento teve também a presença da diretora da Secretaria, Ana Severo; e do superintendente regional de Trabalho e Emprego, Antônio Carlos Fontoura.

18/07/2018 - fróes, berlato associadas

banco de imagens

confira as imagens do release,

nenhuma imagem disponível no momento
froes@froesberlato.com.br

empresa | equipe | clientes | contato

fróes, berlato associadas © 2009 - 2018

Rua Silva Jardim, 466/207 - Mont'Serrat - Porto Alegre/RS

(51) 3388-6847 / (51) 3388-6848