escritório de comunicação


Rasip ganha Prêmio Exportação RS 2018

Empresa figura na categoria Qualitativa como destaque setorial em alimentos

A elevação da taxa de câmbio deverá repercutir favoravelmente nas exportações de maçã da Rasip Alimentos, de Vacaria (RS), que planeja encerrar o ano de 2018 com um volume exportado entre 8.000 a 10.000 toneladas do produto, o que ficará entre 228% a 285% superior à temporada de 2017, quando exportou 3.500 toneladas da fruta. A performance exportadora garantiu à empresa o Destaque Setorial na área de Alimentos no 46º Prêmio Exportação RS 2018, promovido pelo Conselho do Prêmio Exportação RS integrado por 18 entidades ligadas ao setor e que apontou 56 vencedoras.

O fundador da Rasip, Raul Anselmo Randon, falecido em 03 de março, receberá uma homenagem póstuma durante o evento de premiação, dia 07 de junho, na Casa NTX em Porto Alegre, por sua contribuição ao mercado exportador.

Segundo Sérgio Martins Barbosa, diretor-superintendente da Rasip Alimentos, a empresa vem prospectando novos clientes e já marca presença, com as variedades de maçã Maxi Gala e Fuji, em mercados como Bangladesh, Irlanda, Holanda, Alemanha e Rússia. Também está em avançadas negociações com Índia, Noruega, Dinamarca, Bahrein, Emirados Árabes e Guiné. “Mas é preciso cautela porque o mesmo dólar que incentiva a exportação, também encarece as importações e o custo da produção, o que requer uma cuidadosa política de gestão de custos”, observa ele.

05/06/2018 - fróes, berlato associadas

banco de imagens

confira as imagens do release,

nenhuma imagem disponível no momento
froes@froesberlato.com.br

empresa | equipe | clientes | contato

fróes, berlato associadas © 2009 - 2018

Rua Silva Jardim, 466/207 - Mont'Serrat - Porto Alegre/RS

(51) 3388-6847 / (51) 3388-6848