escritório de comunicação


Randon retoma crescimento em 2017



Após dois anos de prejuízo líquido acumulado, a Randon S.A Implementos e Participações retomou o caminho da lucratividade.  Vencido o prolongado período de crise econômica e política, quedas consecutivas nos volumes de produção e desemprego em alta, em 2017 a Companhia registrou uma recuperação ainda moderada e conseguiu encerrar o exercício com importantes índices de crescimento consolidado. A Receita Bruta de R$ 4,2 bilhões cresceu 14,6% sobre 2016; a Receita Líquida alcançou R$ 2,9 bilhões (11,9% maior ao ano anterior), o EBITDA totalizou R$ 308,2 milhões ou 10,5% sobre a receita líquida do período, enquanto em 2016 havia somado R$ 142,7 milhões ou 5,4% sobre a receita líquida. E o Lucro Líquido foi de R$ 46,7 milhões, com Margem Líquida de 1,6% contra prejuízo líquido de R$ 67,2 milhões e margem líquida de -2,6% em 2016.

Tal desempenho é fruto da combinação do novo cenário positivo com ações internas realizadas desde o início da crise, envolvendo melhorias de processos, controle de despesas e investimentos, lançamento de novos produtos, fortalecimento dos canais de venda e redução de custos fixos.

Embora ainda distante dos números apresentados em anos anteriores à crise, o lucro apresentado traz com ele a confiança de que decisões tomadas e mudanças implementadas estão dando frutos, e que tendem a ser ampliadas nos próximos exercícios. “Há esperança, mesmo que cautelosa, de que o País volte a crescer após quase três anos praticamente estagnado”, observa o diretor-presidente das Empresas Randon, David Abramo Randon, acreditando que “avizinha-se, de maneira mais nítida, uma recuperação, ainda que moderada, para devolver maior dignidade aos brasileiros e a suas famílias”.

MERCADO EXTERNO - As vendas consolidadas para o exterior, no exercício de 2017, totalizaram US$ 155,4 milhões, 2,5% maiores do que no mesmo período de 2016 (US$ 151,6 milhões), representando 16,8% da receita líquida consolidada dos doze meses de 2017, contra 20,0% no exercício anterior.  Deste total, Mercosul e Chile representaram 46,3% das exportações e  o NAFTA 32,6% . O incremento de receita ocorreu nas empresas Master, JOST, Castertech e nas filiais da controladora, Randon Veículos e Suspensys.

Em 2017, as unidades no exterior faturaram US$ 84,3 milhões, contra US$ 72,8 milhões em 2016 (eliminando as receitas entre empresas). A planta de veículos rebocados na Argentina, controlada pela Randon, apurou receita bruta de US$ 31,0 milhões. As plantas no exterior controladas pela Fras-le, e os escritórios internacionais obtiveram receita bruta de US$ 53,3 milhões, com aumento de 11,7%, em relação a 2016 (US$ 47,8 milhões). O total entre a soma das exportações e das receitas geradas no exterior foi de US$ 239,7 milhões em 2017, 6,8% maior do que o ano anterior.

DIVISÃO MONTADORAS - Em 2017, a divisão Montadoras representou 43,4% do total da receita líquida consolidada da Companhia (R$ 1,3 bilhão), sendo 77,7% semirreboques, 18,2% vagões e 4,2% veículos especiais. A Randon Implementos é a maior fabricante de reboques e semirreboques da América Latina e está entre as maiores fabricantes do mundo. Além de possuir duas fábricas no Brasil (Caxias do Sul e Chapecó), a Randon também produz semirreboques em Rosário, na Argentina. A partir de 2018 os semirreboques também serão produzidos nas plantas de Araraquara e em Lima, no Peru. Além da venda de veículos rebocados, a divisão montadoras também vende vagões ferroviários e veículos especiais (retroescavadeiras, minicarregadeiras e caminhões fora-de-estrada).

DIVISÃO AUTOPEÇAS - A divisão Autopeças respondeu por 51,5% da receita líquida consolidada da Companhia, somando R$ 1,5 bilhão. É composta pelas empresas Castertech (Suspensys WE), Fras-le, JOST, Master e Suspensys (filial da Randon S.A. Implementos e Participações). Os principais produtos fabricados nesta divisão são: fundidos e pontas de eixos, materiais de fricção, freios, sistemas de acoplamento, eixos e suspensões. Esses itens são fornecidos para o mercado de montadoras de veículos comerciais e também para o mercado de reposição, tanto no Brasil, quanto no exterior. Tem unidades em Caxias do Sul, sendo que a controlada Fras-le possui unidades também nos Estados Unidos, China, Índia, Argentina e Uruguai. A divisão Autopeças possui escritórios e unidades de negócio distribuídas em todos os continentes.

DIVISÃO SERVIÇOS FINANCEIROS – A divisão de serviços financeiros é representada pela Randon Consórcios e Randon Investimentos (Banco Randon), respondendo por 5,1% da receita líquida consolidada. Esses negócios são meios de sustentação de vendas, e dão acesso a crédito e financiamentos de produtos para os clientes das Empresas Randon.  Em 2017, a Randon Consórcios comercializou 13.651 cotas de consórcios, 17,4% maior do que as cotas vendidas em 2016 (11.626 unidades). E o Banco Randon atua como suporte às vendas das Empresas Randon, ofertando alternativas de financiamento direcionado a clientes e fornecedores das Empresas Randon.

14/03/2018 - fróes, berlato associadas

banco de imagens

confira as imagens do release,

nenhuma imagem disponível no momento
froes@froesberlato.com.br

empresa | equipe | clientes | contato

fróes, berlato associadas © 2009 - 2018

Rua Silva Jardim, 466/207 - Mont'Serrat - Porto Alegre/RS

(51) 3388-6847 / (51) 3388-6848