escritório de comunicação


CSI2*-W – (The Best Jump) já deu a largada

A competição é promovida pela Federação Gaúcha dos Esportes Equestres (FGEE), em parceria com a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) e a Federação Equestre Internacional (FEI)

Sete provas tanto na pista coberta como na pista internacional, de grama, abrem o primeiro dia da edição 49 do The Best Jump, na Sociedade Hípica PortoAlegrense. A competição, que integra o circuito nacional e internacional de hipismo, é aberta ao público e acontece até 07 de maio com a participação de mais de 200 conjuntos do Brasil e de outros países, a exemplo da Argentina, do Uruguai, da Bolívia, de Portugal.  Vinte e quatro provas, entre nacionais e internacionais, vão compor a programação da 49ª edição do CSI2*-W.

Andréia Muniz, montando Phin Darc Xango, venceu a primeira prova do concurso, realizada na pista internacional (de grama), cavalos novos 7 e 8 anos, saltando 1,30m.

As demais provas, que acontecem nos dias seguintes, são divididas em categorias dos cavaleiros, por altura e idade dos cavalos. Em todas as etapas, o que está sendo testado é a integração de cada conjunto (cavalo/cavaleiro) que são exigidos ao máximo para demonstrar habilidade e competitividade. O evento inclui, às 13h de domingo (07), o tradicional “Grande Prêmio Massey Fergunson Porto Alegre” - prova World Cup Qualifier, considerada a mais importante das provas internacionais.

É a primeira de uma série de provas que qualificam dois representantes sul-americanas que irão competir a Copa Mundial de Hipismo, marcada para o final de abril de 2018. Esta também é a prova de maior dificuldade técnica, com altura dos obstáculos de 1,40 a 1,60m. Este ano, a competição oferecerá R$ 216 mil em prêmios. O CSI2*-W é promovido pela Federação Gaúcha dos Esportes Equestres (FGEE), em parceria com a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) e a Federação Equestre Internacional (FEI). 

O comitê organizador do CSI2*-W convidou, este ano, o course designer (desenhador de percursos) com experiência de mais de 15 anos para assinar os percursos das provas de salto do concurso. Anderson Moura Lima, brasileiro radicado no México há aproximadamente 10 anos já atuou em diversos países da América do Sul, Central e Norte. Esta é a primeira vez que Anderson coordena o desenho e a montagem dos percursos das provas do evento no Rio Grande do Sul.

Destaques

Já estão na Hípica participando do The Best Jump, os atuais campeões do The Best Jump, Cesar Almeida e do brasileiro de salto sênior top, José Roberto Reynoso Fernandez Filho. Também a família Albarracin, representando a Argentina, estará em Porto Alegre, para participar do Best Jump 2017. Eles trazem para a pista de grama da Hípica, técnica apurada e performance vitoriosa. Justo, o pai, teve duas participações em Jogos Olímpicos (Los Angeles (1984) e Atlanta (1996). Matias, um dos filhos, participou de três jogos Pan-Americanos (Rio de Janeiro (2007), Guadalajara (2011) e Toronto (2015) e Álvaro, o caçula também vai saltar no concurso. Ano passado, Matias integrou a equipe olímpica argentina nos Jogos do Rio de Janeiro garantindo a melhor colocação de um sul-americano nas Olimpíadas, fechando o circuito em oitavo lugar.

Também participam do The Best Jump, o cavaleiro Doda Miranda (que salta nesta manhã, na prova interncional altura 1,35m) e as amazonas Florence Verón, mulher do jogador argentino do Estudiantes, Verón, e a filha Yara. Ambas saltam amanhã no início da tarde, na pista internacional.

Mais do que uma competição, o CSI2*-W é um evento social que recebe cerca de 20 mil pessoas a cada ano. Com o objetivo de aproximar a população dos esportes equestres, haverá também feiras, exposições, bares, restaurantes, entretenimento. Quem visitar a Sociedade Hípica PortoAlegrense entre os dias 04 e 07 de maio, poderá ver de perto cavaleiros e amazonas, e conhecer as peculiaridades do trato dos animais. Além de poder desfrutar da infraestrutura do local, que conta com bares, restaurantes, área de recreação e feira de produtos e serviços.  O público ainda pode conhecer a Escola de Equitação da Hípica, que oferece animais treinados e uma equipe de profissionais credenciados para guiá-lo nos seus passos iniciais no esporte equestre. Para praticar equitação na Escola da Hípica não é preciso ser sócio, nem possuir um cavalo próprio, é só agendar uma aula-teste. Outra atração é o Clube Pônei RS, onde de uma maneira lúdica, por meio de brincadeiras e jogos, os pequenos cavaleiros aprendem a montar, a descobrir as regras de segurança e a se relacionar com os amigos equinos.

Serviço

Provas: veja programação

Local: Sociedade Hípica PortoAlegrense

Endereço: Av. Juca Batista, 4931

Programação no site www.bestjump.com.br/imprensa

 

fróes,berlato jornalistas associadas – escritório de comunicação

Coordenação: Neusa Galli Fróes (51) 99123-6847 e 3388-6847 neusa@froesberlato.com.br

03/05/2017 - fróes, berlato associadas

banco de imagens

confira as imagens do release,

nenhuma imagem disponível no momento
froes@froesberlato.com.br

empresa | equipe | clientes | contato

fróes, berlato associadas © 2009 - 2017

Rua Silva Jardim, 466/207 - Mont'Serrat - Porto Alegre/RS

(51) 3388-6847 / (51) 3388-6848